Books Grátis - Cursos Gratuitos e livros Grátis


Curso de css

Um dos grandes problemas ao lidar com grandes portais da Internet é a quantidade de páginas que o compõe, pois a quantidade de conteúdo gerado é imenso, normalmente com grandes equipes de editoração e redações jornalísticas dando o suporte necessário.

Por Claudinei David dia em Programação

Curso de css
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter



Dada essa dimensão, e que cresce a cada dia, a dificuldade de padronizar e modificar um site pode ser um grande limitante para mudanças gráficas de sites.

Porém esse problema de dificuldade de mudança gráfica não fica restrito apenas aos sistemas grandes. Qualquer site ou sistema que possua mais de cinco páginas já pode ser considerado de difícil mudança gráfica, caso os arquivos tenham que ser modificados manualmente. A possibilidade de inserção de erros nesses arquivos é bem maior, o que pode tornar a tarefa mais árdua.

Imaginando além de tudo que já foi falado, que o HTML pode ter uma infinidade de parâmetros modificadores de formatação, que podem existir diversos elementos do mesmo tipo num mesmo documento que precisam ser alterados e que a dificuldade de encontra-los é relativamente complexo, a manutenção de sites pode se tornar uma tarefa bastante árdua.

O que é CSS?
Tendo em mente tudo o que foi explicado no item anterior, foi concebida a idéia de folha de estilo em cascata (do inglês Cascading Style Sheet) que visa padronizar a formatação gráfica de um grupo de páginas HTML à partir de um documento único que define as características básicas que se deseja associar aos documentos Web.

Uma vez definido nesse arquivo de formatação (que possui extensão .css) a formatação de cada uma das tags que serão utilizadas nos documentos seguintes (como fonte, tamanho, cor) deve-se criar um vínculo com as páginas que irão utilizar esses padrões. Daqui em diante, todas as tags que tiverem sido definidas no arquivo CSS sofrerão as modificações correspondentes.


Como já discutido acima, a utilização de folhas de estilo facilita na futura manutenção e reaproveitamento de código gerado, pois muda-se em apenas um lugar e as alterações são propagadas para todos os documentos que possuem vínculos com o documento CSS.

Este foi somente um resumo do conteúdos desta apostilas grátis que esta disponível para que você veja mais informações, para isso é só fazer o download para o seu computador clicando na imagem abaixo.

FAÇA O DOWNLOAD AQUI

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: